Pesquisar no site
Acesse o novo Portal do Aluno

 

Notícias

É notória a preocupação do Poder Judiciário brasileiro com o aprimoramento da prestação jurisdicional, com a modernização dos serviços judiciários e com o fortalecimento da magistratura. Parte dessa atenção está voltada no sentido de atender à necessidade de capacitar agentes conciliadores e mediadores em atendimento às demandas impostas pelo novo Código de Processo Civil. Entretanto, muito mais do que atender dispositivo legal, a construção e disseminação de uma cultura de paz social deve ser um propósito a ser perseguido e implantado não somente na esfera judicial, mas sobretudo no âmbito extrajudicial.


A Escola Superior da Magistratura do Estado de Santa Catarina (Esmesc) realiza o Colóquio no dia 27 de maio de 2017, das 8h45min às 12h30min, no auditório 311 do bloco Pedagógico (Bloco D), da Unisul/Tubarão

O 2º Colóquio de outono propõe um diálogo sobre os “meios consensuais de solução de conflitos e o papel dos operadores jurídicos na construção de uma cultura mais pacificadora”. Nesse sentido o Desembargador Roberto Bacelar defende a “apresentação de um portfólio de métodos, instrumentos, mecanismos, processos, técnicas e ferramentas para a indicação e escolha adequada na resolução de conflitos nas suas mais diversas manifestações e ambientes”, quer estejam dentro ou fora do Poder Judiciário. O debate propõe refletir sobre como se poderá promover uma mudança de cultura ao estimular a aplicação de meios consensuais, empoderando o cidadão a buscar solução autocompositiva de seus conflitos. 

A capacitação adequada dos profissionais que atuam no sistema de justiça certamente despertará o desejo de mudança para que se possa solidificar a cultura da pacificação dos conflitos.


INSCRIÇÕES
.


CONVIDADOS

DILSA MONDARDO (Coordenadora científica do evento)
Graduada em Direito pela UFSC. Mestrado em Direito pela UFSC. Advogada. Coordenadora geral do curso de Direito da Unisul. Coordenadora Pedagógica da Esmesc e da Escola Judicial do TRT12ª Região.

QUITÉRIA TAMANINI VIEIRA PÉRES: Mestre em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina. Especialização em Direito Penal e Processual Penal (FURB), em Direito Civil (UNIVALI) e Gestão e Controle no Setor Público (ESAG/UDESC). Professora da Fundação Universidade Regional de Blumenau (Direito Processual Civil V - Tutelas de Urgência) e no Centro Universitário Franciscano do Paraná - FAE Blumenau (Direito Processual Civil IV - Especiais e Cautelares). Juíza de Direito - Tribunal de Justiça de Santa Catarina, atualmente lotada na 1a Vara Cível da Comarca de Blumenau e Juíza integrante da 2a Turma de Recursos. Atua principalmente na área do Direito Processual Civil, com especial ênfase nos temas Tutela Execucional e Tutelas de Urgência.

GIOVANI DE PAULA: Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento (Tese Defendida em 28/05/2013). Possui Mestrado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007). Graduado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996), Especialização em Segurança Pública pela UNISUL, graduação em Formação de Oficiais da Polícia Militar pela Academia de Polícia Militar (1986). Professor da UnisulVirtual, pesquisador da Universidade Federal de Santa Catarina. Professor do Centro de Ensino da Polícia Militar nos Cursos de Graduação e Pós Graduação em Segurança Pública e Atuou no setor público na área de Inteligência e Informação. Coordena o Programa de Pós Graduação em Segurança da UNISULVIRTUAL, que compreende os cursos de Especialização em Gestão Integrada da Segurança, Defesa Civil, Inteligência de Segurança e Polícia Comunitária. Tem também experiência na área de Direito, com ênfase em Direitos Humanos e Direito Penal, atuando principalmente nos seguintes temas: criminologia, segurança pública, cidadania e gestão do conhecimento e inteligência de segurança.

ANTONIO AUGUSTO BAGGIO E UBALDO: Graduado em Direito em 1996 pela Universidade Federal do Paraná.Mestre em Ciências Jurídicas pela Univali e pela Uminho (2015).Juiz de Direito desde 1998. Titular do 1º Juizado Especial Cível da Comarca da Capital-SC, desde 2010 até a presente data.Titular da 1ª Turma de Recursos Cíveis e Criminais de SC, com sede em Florianópolis. Membro da Comissão Legislativa do Fórum Nacional dos Juizados Especiais (FONAJE).Diretor de Comunicação da AMC na atual gestão.Subcoordenador da Justiça Estadual (Região Sul) da AMB na atual gestão.

 

2_Coloquio_Outono_2017.jpg

A Escola Superior da Magistratura do Estado de Santa Catarina – ESMESC, torna público o resultado da final da prova de ingresso na Residência Judicial.

Torna público, outrossim, convoca os candidatos aprovados na prova de ingresso para realização de matrícula e participação na Reunião com a Academia Judicial, para a escolha do Magistrado Orientador, que serão realizadas no dia 24 de abril de 2017, segunda-feira, às 14h, na sede da Esmesc, em Florianópolis.

Para visualizar o resultado final, clique aqui.

 

 

Para continuidade das comemorações dos 30 anos da Escola Superior da Magistratura do Estado de Santa Catarina, a Escola promove o VI Encontro Estadual de Alunos da Esmesc.

A Escola Superior da Magistratura do Estado de Santa Catarina – ESMESC, torna público o resultado da terceira etapa da prova de ingresso na Residência Judicial.

Resultado retificado, clique aqui.

Para visualizar, clique aqui.

A Escola Superior da Magistratura do Estado de Santa Catarina – ESMESC, torna público o resultado final da segunda etapa da prova de ingresso na Residência Judicial.

Para visualizar, clique aqui.

A Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) e a Escola Superior da Magistratura do Estado de Santa Catarina (Esmesc) promovem o III Simpósio de Direitos Humanos, no dia 20 de maio, das 9h às 12h, no auditório Solon D’Eça Neves, na Sede da AMC/Esmesc, localizado na Rua dos Bambus, 116, no bairro Itacorubi, em Florianópolis.

O evento conta com a participação de Eneida Desiree Salgado, doutora pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), Rodrigo Mioto dos Santos, mestre pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Fernando Gaspar Neisser, doutorando da Universidade de São Paulo (USP).

A entrada é gratuita e o evento tem como público alvo magistrados, membros do Ministério Público, advogados, alunos da Esmesc, estudantes de graduação e de pós-graduação.

Inscrições encerradas.

 

programacao_direitoshumanos.jpg

A Escola Superior da Magistratura do Estado de Santa Catarina – ESMESC, torna público o resultado preliminar da segunda etapa da prova de ingresso na Residência Judicial

Para visualizar, clique aqui.

Os recursos podem ser interpostos até às 12 horas do dia 03 de abril de 2017.
Caminho para respostas 2ª Etapa.

 Clique aqui para download do formulário de recurso.

Subcategorias

ESMESC - Escola Superior da Magistratura do Estado de Santa Catarina | 1986 - 2014
Rua dos Bambus, 116 - Itacorubi - Florianópolis/SC - 88034-570 - (48) 3231-3045